1 de abr de 2015

EVANGELHO DO DIA quarta-feira, 1 de abril 2015

Evangelho (Mt 26,14-25) — O Senhor esteja convosco. — Ele está no meio de nós. — Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus. — Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, 14um dos doze discípulos, chamado Judas Iscariotes, foi ter com os sumos sacerdotes 15e disse: “Que me dareis se vos entregar Jesus?” Combinaram, então, trinta moedas de prata. 16E daí em diante, Judas procurava uma oportunidade para entregar Jesus. 17No primeiro dia da festa dos Ázimos, os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram: “Onde queres que façamos os preparativos para comer a Páscoa?” 18Jesus respondeu: “Ide à cidade, procurai certo homem e dizei-lhe: ‘O Mestre manda dizer: o meu tempo está próximo, vou celebrar a Páscoa em tua casa, junto com meus discípulos’”. 19Os discípulos fizeram como Jesus mandou e prepararam a Páscoa. 20Ao cair da tarde, Jesus pôs-se à mesa com os doze discípulos. 21Enquanto comiam, Jesus disse: “Em verdade eu vos digo, um de vós vai me trair”. 22Eles ficaram muito tristes e, um por um, começaram a lhe perguntar: “Senhor, será que sou eu?” 23Jesus respondeu: “Quem vai me trair é aquele que comigo põe a mão no prato. 24O Filho do Homem vai morrer, conforme diz a Escritura a respeito dele. Contudo, ai daquele que trair o Filho do Homem! Seria melhor que nunca tivesse nascido!” 25Então Judas, o traidor, perguntou: “Mestre, serei eu?” Jesus lhe respondeu: “Tu o dizes”.  — Palavra da Salvação. — Glória a vós, Senhor.

HISTÓRIA DE SUCESSO: HÁ 30 ANOS nascia a KROMOSET

A grande verdade desta quarta-feira 1º de abril de 2015 é a marca que a Kromoset Gráfica e Editora está completando hoje em Campo Mourão, Centro-Oeste do Paraná:30 anos de existência. 
Tudo começou em 1985 com a união, trabalho, dedicação e os objetivos comuns de três funcionários - José Carlos Correa dos Santos, José Luiz Zanella e Jerônimo da Silva- na época com experiência e perfil de empreendedores.
O atual diretor proprietário da Kromoset, José Carlos Corrêa dos Santos, conhecido na comunidade como “Carlão da Kromoset”, iniciou sua carreira fazendo curso profissionalizante na área de Artes Gráficas, em Curitiba, dos seus 15 aos 18 anos. Depois mudou-se para Campo Mourão onde estudou o 2º grau no antigo Afirmativo (atual Colégio Integrado) e na Fecilcam o curso de Economia, porém não concluído.
EXPERIÊNCIA - Carlão lembra bem como foi o  início
e o sonho de ter uma gráfica própria. “Após a formação no Senai,  trabalhei em Curitiba, na Impressora Paranaense e Gráfica Sperandio e Cia Ltda. Já em Campo Mourão,  trabalhei na Gráfica Mourãoense, de propriedade do Wilson Yurk, o Biju”, na Gráfica Mourão, do Ivo Chirolli e na Gráfica Bueno, do Walquírio Bueno). Mas em 1985 juntamente com o Zanella e o Jerônimo, fundamos a Gráfica Kromoset, que com orgulho e emoção completa 30 anos no mercado. Hoje a Kromoset evoluiu, é uma empresa familiar, conduzida por mim, minha esposa e minhas filhas”, conta.
EVOLUÇÃO - A chegada das novas tecnologias em
qualquer tipo de atividade é uma novidade e as empresas precisam se adequar as mudanças. Com a Kromoset não foi diferente. “Os softwares da área gráfica e as máquinas off-set contribuíram muito para a melhoria na qualidade dos serviços, além da agilidade no tempo”, considera o empresário.

Equipe da Kromoset na década de 80

INOVAÇÃO - Ele destaca que a Kromoset está atenta às tecnologias e sempre está inovando. “No início tínhamos poucos equipamentos, mas com o tempo fomos crescendo, graças a uma vontade imensa de superar os obstáculos e conquistar o mercado. Entre outras evoluções, por exemplo, atualmente muitos materiais gráficos não são tratados nem mesmo com os clientes, e sim com as agências de publicidade, intermediários entre gráfica e cliente”, explica José Carlos Correa dos Santos.
Acima, selo de aniversário da Kromoset 18 anos
TRADIÇÃO - Orgulhoso de ter a sua Kromoset há 30 anos com o mesmo número de telefone e no mesmo endereço, na avenida Goioerê, esquina com a rua Araruna, Carlão celebra com alegria e agradecendo a Deus três décadas de muita luta e história, aliado a satisfação do desenvolvimento pessoal e profissional com muitos clientes, tradição, liderança e conquistas.


 Equipe atual da Kromoset no 30º aniversário.

31 de mar de 2015

27º JOGOS INTERCLUBES DE CM começam dia 06 de junho

Dia 6 de junho. Esta é a data para o início dos 27º Jogos Interclubes de Campo Mourão. Na imagem registrei na sede da Fecam dirigentes da Assercam, Arcam, AABB e Country em reunião nesta terça-feira (31) para o primeiro encontro para tratar da fórmula e modalidades em disputa. Na coordenação da reunião o diretor de Eventos Guilherme Capelli do Nascimento prestigiado pelo diretor geral da Fecam, Itamar Agostinho Tagliari.
CONGRESSO - Ficou definido que o congresso técnico para a oficialização das equipes e modalidades será na quinta-feira, 23 de abril e até na véspera as associações deverão entregar seus mapas devidamente preenchidos.
MODALIDADES - Não aconteceu mudanças de esportes, sendo futebol suíço com limite de até 20 atletas em quatro categorias - Adulto (30 a 35 anos - 31;12/1985 a 01/01/1979), Master (37 a 43 - 31/12/1978 a 01/01/1972), Sênior (44 a 50 -  31/1/21971 a 01/01/1965) e Veterano (acima de 50 anos - 31/12/1964). O futsal terá até 16 jogadores acima de 38 anos. Também serão disputados o bilhar, truco e tranca - masculino, feminino e livre.

WALTER TONELLI, coração grandioso e alto astral sempre

Walter Tonelli, o "Peteleco", conhecido da comunidade pelos seus dons artísticos e culinários, gente boa de bom papo com quem a gente ficaria conversando horas a fio, está comemorando hoje seu aniversário no ano da graça de 2015. Viva! Muitas bençãos e graças Peteleco. 
Abaixo você pode copiar o link e conhecer um pouco da história de vida deste artista de circo, filho de pais artistas de circo e que por acaso aportou em Campo Mourão.
Humorista, ator, diretor de teatro, cozinheiro, palmeirense de bem com a vida, empreendedor, batalhador, empresário no ramo de alimentação, apaixonado por sua família, sua cidade e amigos. Todos esses atributos encaixam-se perfeitamente no cidadão Walter Tonelli, o "Peteleco". Como diz o enunciado na Associação Panela "A vida é bela quando temos amigos para nos fazer feliz. A verdadeira amizade é tudo!”.
Conheça um pouco da história deste cidadão íntegro nascido em Engenheiro Beltrão no ano de 1961 em uma das paradas da caravana do circo.
Peteleco é o amigo de todos, com a mesma alegria, coração grandioso e o alto astral de sempre.

http://ilivaldoduarte.blogspot.com.br/2011/04/entrevista-de-domingo-walter-tonelli-o.html

PADRE LÉO e o significado do guardar o bem


MICHEL, O MAIS EFICIENTE da Liga Ouro de Basquete 2015

O ano de 2015 tem sido um dos melhores na vida do craque Michel Santos Silva, do campo Mourão Basquete. Ele é considerado até aqui após oito rodadas como o jogador mais eficiente da Liga Ouro, com números expressivos: 19,13 - segunda melhor média de pontos por jogo na competição, - 15,50 cestas por jogo, - é o segundo que arremessa para 2, 4,13 por jogo. E também é o recordista Liga Ouro, com seu Triplo-Double, o único a conseguir esta façanha na Liga Ouro. Viva o Michel, o xodó da galera mourãoense.

GUILHERME Schneider:melhor média de pontos na Liga Ouro 2015

O Campo Mourão Basquete não está sendo nos resultados até aqui em oito jogos, mas tem em Michel o jogador mais eficiente e em Guilherme Schneider, o  jogador com melhor média de pontos por jogo (17.63). Segundo as estatísticas ele tem também a melhor media de 3 pontos por jogo (3,25), é o segundo melhor ladrão de bolas (2.63), o terceiro melhor em eficiência (16,13). Schneider é esperança de recuperação do time mourãoense nos jogos desta semana - quinta e sábado- em Brasília, contra o Ceub, que tem um ponto a mais. Só vitórias interessam ao basquete de Campo Mourão para ir ao playoffs.

EVANGELHO DO DIA terça-feira, 31 de março 2015

Evangelho (Jo 13,21-33.36-38) — O Senhor esteja convosco. — Ele está no meio de nós. — Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João. — Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, estando à mesa com seus discípulos, 21Jesus ficou profundamente comovido e testemunhou: “Em verdade, em verdade vos digo, um de vós me entregará”. 22Desconcertados, os discípulos olhavam uns para os outros, pois não sabiam de quem Jesus estava falando. 23Um deles, a quem Jesus amava, estava recostado ao lado de Jesus. 24Simão Pedro fez-lhe um sinal para que ele procurasse saber de quem Jesus estava falando. 25Então, o discípulo, reclinando-se sobre o peito de Jesus, perguntou-lhe: “Senhor, quem é?” 26Jesus respondeu: “É aquele a quem eu der o pedaço de pão passado no molho”. Então Jesus molhou um pedaço de pão e deu-o a Judas, filho de Simão Iscariotes. 27Depois do pedaço de pão, Satanás entrou em Judas. Então Jesus lhe disse: “O que tens a fazer, executa-o depressa”. 28Nenhum dos presentes compreendeu por que Jesus lhe disse isso. 29Como Judas guardava a bolsa, alguns pensavam que Jesus lhe queria dizer: ‘Compra o que precisamos para a festa’, ou que desse alguma coisa aos pobres. 30Depois de receber o pedaço de pão, Judas saiu imediatamente. Era noite. 31Depois que Judas saiu, disse Jesus: “Agora foi glorificado o Filho do Homem, e Deus foi glorificado nele. 32Se Deus foi glorificado nele, também Deus o glorificará em si mesmo, e o glorificará logo. 33Filhinhos, por pouco tempo estou ainda convosco. Vós me procurareis, e agora vos digo, como eu disse também aos judeus: ‘Para onde eu vou, vós não podeis ir’”. 36Simão Pedro perguntou: “Senhor, para onde vais?” Jesus respondeu-lhe: “Para onde eu vou, tu não me podes seguir agora, mas seguirás mais tarde”. 37Pedro disse: “Senhor, por que não posso seguir-te agora? Eu darei a minha vida por ti!” 38Respondeu Jesus: “Darás a tua vida por mim? Em verdade, em verdade te digo: o galo não cantará antes que me tenhas negado três vezes”.  — Palavra da Salvação. — Glória a vós, Senhor.

30 de mar de 2015

CONTAS NEGATIVAS:SEM DINHEIRO E COM dificuldades de fazer futebol no profissional e até esporte amador

Com gastos maiores que suas arrecadações e não se fale em dinheiro de bilheteria, são grandes as dificuldades para o futebol profissional pelos times do interior e também da capital no Paraná. Situação também idêntica na maioria de outras regiões do país. 
No esporte, futebol amador ou modalidades, amadoras ou profissionais, também não são diferentes, seja no futsal ou no basquete, por exemplo. 
Na maioria das vezes as contas não fecham, as dívidas se acumulam e no "vermelho" vão sendo empurradas de um ano para os outros seguintes. 
Na edição de domingo, a Gazeta do Povo trouxe esta conhecida e dura realidade no futebol profissional. 
Citou como exemplo o Prudentópolis, que pela segunda vez na Primeira Divisão tem orçamento de R$ 150 mil por mês. Lá um empresário tem R$ 1 milhão de crédito para receber desde 2013. 
Contas negativas também do Foz que se parar no J. Maluceli no mata-mata vai encerrar a temporada com R$ 400 mil de prejuízo. E seu presidente, Arif Osman não desanima mesmo tendo entrado em cima da hora no Paranaense no lugar do Arapongas. Ele disse à Gazeta: "No ano que vem recuperamos."

FPF DEFINE Clássico do café no mata-mata do Campeonato Paranaense para sábado em Londrina

O mata-mata do futebol paranaense começa neste sábado (4) com dois jogos. Um deles é o Clássico do Café entre Londrina x Maringá, às 16 horas no Estádio do Café e o outro no campo do Coritiba entre , Paraná x Operário, às 18h30. A Federação Paranaense de Futebol (FPF) confirmou também para domingo os outros dois jogos no Oeste do Estado:Cascavel x Coritiba e Foz x J. Malucelli, ambos às 16 horas. Pelo Torneio da Morte, os dois jogos serão no domingo. O Rio Branco recebe o Nacional, às 16 horas, e o Atlético pega o Prudentópolis às 18h30.