22/11/2014

CRISTO É NOSSO SHOW será destaque no Tocando de Primeira

No primeiro tempo de hoje, a partir das 11 horas, no nosso programa Tocando de Primeira, na Rádio Colméia, de número 1.084, o destaque será para a movimentação do evento Cristo É Nosso Show, programado para o próximo final de semana em Campo Mourão. 
O coordenador Edilson Bizerra estará ao vivo no programa juntamente com organizadores do evento. 
No segundo tempo, destaque para a Copa Getran de futebol suíço que tem hoje última rodada para apontar os finalistas da decisão do próximo sábado na Arcam.
É neste sábado, no programa campeão, há 1.084 sábados no ar. 
Só não ouve o Tocando de Primeira quem não tem rádio ou não tem vizinho. 
Viva! Bom mesmo é ser feliz!

ORAÇÃO A SANTA CECÍLIA


DIA DE SANTA CECÍLIA

Hoje celebramos a santidade da virgem que foi exaltada como exemplo perfeitíssimo de mulher cristã, pois em tudo glorificou a Jesus. Santa Cecília é uma das mártires mais veneradas durante a Idade Média, tanto que uma basílica foi construída em sua honra no século V. Embora se trate da mesma pessoa, na prática fala-se de duas santas Cecílias: a da história e a da lenda. A Cecília histórica é uma senhora romana que deu uma casa e um terreno aos cristãos dos primeiros séculos. A casa transformou-se em igreja, que se chamou mais tarde Santa Cecília no Trastévere; o terreno tornou-se cemitério de São Calisto, onde foi enterrada a doadora, perto da cripta fúnebre dos Papas.
No século VI, quando os peregrinos começaram a perguntar quem era essa Cecília cujo túmulo e cuja inscrição se encontravam em tão honrosa companhia, para satisfazer a curiosidade deles, foi então publicada uma Paixão, que deu origem à Cecília lendária; esta foi sem demora colocada na categoria das mártires mais ilustres. Segundo o relato da sua Paixão Cecília fora uma bela cristã da mais alta nobreza romana que, segundo o costume, foi prometida pelos pais em casamento a um nobre jovem chamado Valeriano. Aconteceu que, no dia das núpcias, a jovem noiva, em meio aos hinos de pureza que cantava no íntimo do coração, partilhou com o marido o fato de ter consagrado sua virgindade a Cristo e que um anjo guardava sua decisão.
Valeriano, que até então era pagão, a respeitou, mas disse que somente acreditaria se contemplasse o anjo. Desse desafio ela conseguiu a conversão do esposo que foi apresentado ao Papa Urbano, sendo então preparado e batizado, juntamente com um irmão de sangue de nome Tibúrcio. Depois de batizado, o jovem, agora cristão, contemplou o anjo, que possuía duas coroas (símbolo do martírio) nas mãos. Esse ser celeste colocou uma coroa sobre a cabeça de Cecília e outra sobre a de Valeriano, o que significava um sinal, pois primeiro morreu Valeriano e seu irmão por causa da fé abraçada e logo depois Santa Cecília sofreu o martírio, após ter sido presa ao sepultar Valeriano e Tibúrcio na sua vila da Via Ápia.
Colocada diante da alternativa de fazer sacrifícios aos deuses ou morrer, escolheu a morte. Ao prefeito Almáquio, que tinha sobre ela direito de vida ou de morte, ela respondeu: “É falso, porque podes dar-me a morte, mas não me podes dar a vida”. Almáquio condenou-a a morrer asfixiada; como ela sobreviveu a esse suplício, mandou que lhe decapitassem a cabeça.
Nas Atas de Santa Cecília lê-se esta frase: “Enquanto ressoavam os concertos profanos das suas núpcias, Cecília cantava no seu coração um hino de amor a Jesus, seu verdadeiro Esposo”.Essas palavras, lidas um tanto por alto, fizeram acreditar no talento musical de Santa Cecília e valeram-lhe o ser padroeira dos músicos. Hoje essa grande mártir e padroeira dos músicos canta louvores ao Senhor no céu.
Santa Cecília, rogai por nós!

EVANGELHO DO DIA sábado, 22 de novembro 2014

Lc 20,27-40 — O Senhor esteja convosco.— Ele está no meio de nós.— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.— Glória a vós, Senhor.Naquele tempo, 27aproximaram-se de Jesus alguns saduceus, que negam a ressurreição,28e lhe perguntaram: “Mestre, Moisés deixou-nos escrito: se alguém tiver um irmão casado e este morrer sem filhos, deve casar-se com a viúva a fim de garantir a descendência para o seu irmão. 29Ora, havia sete irmãos. O primeiro casou e morreu, sem deixar filhos.30Também o segundo 31e o terceiro se casaram com a viúva. E assim os sete: todos morreram sem deixar filhos. 32Por fim, morreu também a mulher. 33Na ressurreição, ela será esposa de quem? Todos os sete estiveram casados com ela”.34Jesus respondeu aos saduceus: “Nesta vida, os homens e as mulheres casam-se, 35mas os que forem julgados dignos da ressurreição dos mortos e de participar da vida futura, nem eles se casam nem elas se dão em casamento; 36e já não poderão morrer, pois serão iguais aos anjos, serão filhos de Deus, porque ressuscitaram.37Que os mortos ressuscitam, Moisés também o indicou na passagem da sarça, quando chama o Senhor ‘o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacó’. 38Deus não é Deus dos mortos, mas dos vivos, pois todos vivem para ele”. 39Alguns doutores da Lei disseram a Jesus: “Mestre, tu falaste muito bem”. 40E ninguém mais tinha coragem de perguntar coisa alguma a Jesus.— Palavra da Salvação.— Glória a vós, Senhor.

21/11/2014

SILVANA CASALI, parabéns e muitas felicidades

"Sou uma pessoa sincera, às vezes até demais, acredito nas pessoas e que você colhe aquilo que planta." Esta é a filosofia da cidadã, amiga, professora, atleta, dirigente, celebridade Silvana Casali, que hoje está mais feliz celebrando seu aniversário neste  21 de novembro em 2014. Viva! Parabéns,com as bençãos e graças de Deus a você que amamos muito. 
A filha do casal Oscar e Antonia Casali, mourãoense que passou sua infância na avenida João Bento com a rua Harrison José Borge, brincando de pega-pega, subindo em àrvores, futebol, betes passa anel, etc. Lembra-se disso. "Na minha rua tinha umas 30 crianças, era uma festa. Que saudades!", contou Silvana na ENTREVISTA DE DOMINGO do BLOG DO ILIVALDO DUARTE em abril de 2009 (vide abaixo link para ler ou reler). 
Silvana é uma campeã, uma pessoa daquelas que você fica conversando, trocando ideias, conversando e aprendendo, uma pessoa 11. Sim, por isso escolhi brevemente 11 imagens de sua vida Silvana. Você é mais que 10, viva!
Atleta de atletismo e handebol, treinadora de handebol feminino. 
Tive a honra de homenagéa-la no rádio e neste BLOG, e agora de novo, porque você minha madrinha na Academia Mourãonse de Letras, merece. E como! 
Paro por aqui porque a emoção não é pequena, imagino que para você também não, agora em águas de São Lourenço, nas Minas Gerais poder ver estas imagens e lembrar de tudo. Que filme, que vida! 
Vitoriosa e obstinada, e acima de tudo muito organizada, mas ainda chorona e muito feliz, você foi homenageada no nosso programa Tocando de Primeira com a edição 742 e amanhã (22) será a 1.084 - esse tempo é implacável heim Silvana! Por tudo o que fez e continua fazendo para o melhor do nosso esporte, educação, da cidadania, você é CELEBRIDADE. Viva!
http://ilivaldoduarte.blogspot.com.br/2009/04/entrevista-de-domingo-silvana-casali.html

EVANGELHO DO DIA sexta-feira, 21 de novembro 2014

Mt 12,46-50 - — O Senhor esteja convosco.— Ele está no meio de nós.— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.— Glória a vós, Senhor.Naquele tempo, 46enquanto Jesus estava falando às multidões, sua mãe e seus irmãos ficaram do lado de fora, procurando falar com ele.47Alguém disse a Jesus: “Olha! Tua mãe e teus irmãos estão aí fora, e querem falar contigo”.48Jesus perguntou àquele que tinha falado: “Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?”49E, estendendo a mão para os discípulos, Jesus disse: “Eis minha mãe e meus irmãos.50Pois todo aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”.— Palavra da Salvação.— Glória a vós, Senhor.

20/11/2014

NOVO PALESTRA: ARENA espetacular, grande clube, mas time pequeno na volta para casa

O torcedor do Palmeiras voltou para casa orgulhoso de seu novo estádio, esperando que a noite histórica de 19 de novembro fosse uma festa completa - antes, durante e após o jogo contra o Sport Recife, que não tinha nada com isso e fez a alegria pernambucana e dos rivais esmeraldinos, vencendo por 2 a 0 na estreia da nova Arena do Palestra. Na memória do torcedor ficará o time frágil e limitado de 2014, sem força e reação, que estreou no seu novo campo e corre sério risco de cair para a Série B. No final da tragédia, os gritos de "time sem vergonha" e as ofensas ao presidente Paulo Nobre confirmaram que o time atual não está à altura da arena e de sua torcida. É uma noite que ficou na história, mas que os palestrinos não farão questão de se lembrar daqui 5, 10 ou 50 anos. Uma Arena espetacular, um grande clube de 100 anos de tradição e glórias, mas dentro de campo um time pequeno e medíocre. Lamentável caro leitor, não era este o texto que havia pensado em escrever nesta quinta, 20 de novembro, pós estreia na nova casa. Não, não era, Era diferente, imaginando uma grande vitória e a explosão da galera, com a certeza da permanência na Série A, definitivamente.  E como diria os jornalistas e torcedores, "o tamanho da derrota é maior do que a frustração na casa nova."

EVANGELHO DO DIA quinta-feira, 20 de novembro 2014

Lc 19,41-44 - — O Senhor esteja convosco.— Ele está no meio de nós.— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.— Glória a vós, Senhor.Naquele tempo, 41quando Jesus se aproximou de Jerusalém e viu a cidade, começou a chorar. E disse: 42“Se tu também compreendesses hoje o que te pode trazer a paz! Agora, porém, isso está escondido aos teus olhos! 43Dias virão em que os inimigos farão trincheiras contra ti e te cercarão de todos os lados. 44Eles esmagarão a ti e a teus filhos. E não deixarão em ti pedra sobre pedra. Porque tu não reconheceste o tempo em que foste visitada”.— Palavra da Salvação.— Glória a vós, Senhor.

19/11/2014

A ESTRELA DO SAMBATTI brilhou em 1993

Momento nobre e inesquecível: o do pódio com o recebimento das medalhas de campeão da Copa Coamo de 1993 em Campo Mourão. Viva!

UMA IMAGEM HISTÓRICA DO Sambatti em 1993

Em novembro, Jornal Coamo 40 Anos. Na história, em 1993, a primeira Copa Coamo de Cooperados Futebol Suíço foi vencida pela equipe Sambatti. Olha aí o capitão e inesquecível Jair Sambatti com irmãos e amigos. Viva. Momento de grande emoção. Não é pouca coisa! Viva. A estrela do Sambatti brilhou!